//
Acepi
//
eCommerce
//
Artigos
10% dos portugueses fizeram compras online em 2011
14 de Novembro de 2011
Ao longo deste ano, pelo menos 10% dos portugueses fizeram compras através da Internet, revela o mais recente “Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação nas Famílias” do Instituto Nacional de Estatística.

O relatório indica que, em 2011, 64% dos agregados domésticos dispõem de acesso a computador em casa e 58% têm acesso à Internet. No mesmo período, 58% dos indivíduos entre os 16 e os 74 anos utilizam computador, 55% acedem à Internet e 10% efetuaram encomendas através da Internet nos três meses anteriores ao inquérito.

Em 10 anos de observação do acesso e utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação (TIC) pelas famílias verificou-se um aumento do número de agregados com acesso a computador e Internet em casa: desde 2002 o acesso a computador e o acesso à Internet apresentam um crescimento médio anual de 11% e 17%, respectivamente.

O acesso à Internet por banda larga é o indicador em que se verifica uma maior evolução. Em 2003 apresentava uma distância considerável face aos restantes indicadores em análise e nove anos depois situa-se praticamente ao mesmo nível do acesso à Internet em casa, tendo passado de oito para 57% a proporção de agregados que acedem à Internet através de banda larga.

Por região, Lisboa e Açores apresentam proporções de agregados com acesso às TIC superiores à média do país. A região de Lisboa é, no entanto, a que apresenta uma maior distância face à referência nacional: 71% dos agregados residentes nesta região têm acesso a computador, 68% dispõem de acesso à Internet e 67% têm ligação em banda larga.

Segue-se a Região Autónoma dos Açores, em que 65% dos agregados dispõem de computador em casa, 60% têm acesso à Internet e 59% dispõem de ligação por banda larga.

No acesso à Internet e à ligação por banda larga, evidencia-se também a região do Algarve com 58% dos agregados a disporem de Internet em casa e 57% a terem acesso através de banda larga.

Nos agregados que detêm acesso à Internet, os tipos de ligação que proporcionam um acesso por banda larga são os mais referidos. Destes, destacam-se as ligações por cabo e a ligação móvel através de modem USB ou placas de acesso à Internet, apontadas por 43% destes agregados, e a ligação por DSL, referida por mais de um terço (35%) dos agregados com acesso à Internet em casa.